Portal da Cidade Guaratuba

INVENTÁRIO

VÍDEO: Como realizar um inventário após a morte de um familiar?

O especialista Rhenan Caldeira tira as principais dúvidas sobre o assunto

Postado em 10/05/2021 às 12:26 |

Rhenan Caldeira atende na Caldeira Advocacia e Consultoria (Foto: Paulinho Max / Portal da Cidade)

Perder alguém próximo é sempre uma situação muito difícil. Juntar a morte do ente querido com as burocracias obituárias torna tudo ainda mais complexo.

Quando uma pessoa falece, a família tem até 60 dias corridos para dar entrada no inventário (o processo de partilha de bens). Caso a abertura do requerimento não aconteça nesse período, multas podem ser aplicadas.

Por isso, o Dr. Rhenan Caldeira tira suas dúvidas, aqui no Papo de Especialista, sobre o inventário e como proceder nesse complicado momento após a morte de um ente querido.

Caldeira Advocacia e Consultoria

Av. Ponta Grossa, 289 Centro

Atendimento de segunda a sexta das 9h as 18h

Facebook | Instagram | WhatsApp 


Qual sua especialidade?

Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade.

Ligue ou fale conosco pelo WhatsApp (41) 98883-5760 


Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade.

Fonte:

Receba as notícias de Guaratuba no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">